bitcoin-vai-acabar (1)

Bitcoin vai acabar? Entenda o limite dos Bitcoins

2 de agosto de 2018 Escrito por Bitcoin 0 comentarios em “Bitcoin vai acabar? Entenda o limite dos Bitcoins”
Conheça o Quantum!

Muitos se perguntam se o Bitcoin vai acabar. E a resposta é não. O que tem prazo para terminar é a mineração da criptomoeda, mas isso ocorrerá apenas por volta do ano 2140. Para entender, basta pensar que, assim como o ouro, o BTC não pode ser emitido sem critério.

Enquanto o metal é extraído do chão, o Bitcoin é retirado dos meios digitais. Se esses dois recursos fossem infinitos e disponíveis para todos, concorda que eles não teriam tanto valor? Entenda mais sobre o assunto, a começar pela mineração da moeda digital!

Como funciona a mineração de Bitcoins

A mineração de Bitcoins funciona de maneira semelhante a uma auditoria. Como a criptomoeda não possui um órgão regulador, os mineradores são responsáveis por garantir a Blockchain segura.

Para fazer isso, cada um usa o sistema para autenticar as transações que ocorrem na rede. A verificação é feita por meio do proof-of-work, ou seja, a partir da solução de um problema criptográfico chamado hash.

Embora a descoberta do código exija um grande esforço, quando ele é encontrado, facilmente pode ser autenticado. Isso funciona de maneira semelhante a um quebra-cabeça. Quando o tabuleiro está encaixado, outras pessoas podem avaliar se ele está montado do jeito certo ou não.

Na mineração, os mineradores competem para ver quem descobre primeiro o hash. Quem encontra a resposta, atualmente, ganha como pagamento 12,5 Bitcoins. Conforme o tempo for passando, esse número tende a cair, pois as combinações possuem um limite, e a concorrência entre os mineradores está cada vez maior.

Números de Bitcoins disponíveis na rede

O processo de descobrir o código leva em média 10 minutos, o que significa que a cada 10 minutos há novas 12,5 criptomoedas na rede. Em 2020, a recompensa para o minerador será menor e corresponderá a 6,25 BTC.

O valor da gratificação cai pela metade a cada 210.000 blocos, que leva em média quatro anos. Por isso, a mineração era mais interessante assim que a criptomoeda entrou no mercado.

Ao manter o sistema dessa forma, espera-se que em 2140 o Bitcoin atinja o que seu limite, que é de 21 milhões de moedas. Esse número é aleatório e foi definido j[a na criação da moeda digital.

bitcoin-vai-acabar-2

Como será depois de 2140

Se por um lado a mineração vai perder a atratividade ao longo dos anos — pois a recompensa irá diminuir — por outro, as transações irão ganhar força. Portanto, os mineradores ganharão sobretudo com as taxas cobradas por elas.

Além disso, quando a recompensa for diminuindo, a valorização da moeda tende a aumentar. Isso pode ocorrer porque irá custar mais para conseguir minerar menos Bitcoins.

Aos poucos as lojas já estão começando a aceitar o BTC como forma de pagamento. Daqui alguns anos, essa tendência deve ser uma realidade, da mesma maneira que hoje são aceitos os cartões de débito e crédito.

Então, como dizer que o Bitcoin irá acabar? No futuro, haverá 21 milhões de moedas disponíveis para quem quiser comprar, usar e investir.

No caso do Real, a moeda pode ser dividida por até 100. Ou seja, cada R$ 1 corresponde a 100 centavos. Já cada BTC pode ser dividido em 100 milhões de unidades, chamadas de Satoshi.

Em vista disso, mesmo que o preço do Bitcoin continue em ascensão, as pessoas poderão continuar comprando frações. Nesse sentido, o fim da mineração não irá mudar em nada a maneira como as pessoas estão investindo na criptomoeda.

Vantagens de o Bitcoin ter um limite

As moedas nacionais, controladas pelos governos, precisam manter, ao menos, um nível mínimo de inflação. Isso impulsiona quem tem dinheiro a investir. Com o Bitcoin, isso não acontece, porque a moeda não é regulada por qualquer instituição governamental.

Além disso, a possibilidade da escassez, uma vez que a criptomoeda é finita, tende a valorizá-la por seu caráter deflacionário. Por isso, a criptomoeda é uma ótima opção para quem deseja reserva de valor.
O Bitcoin é vantajoso, portanto, pois está em constante ascensão. O mesmo não ocorre, por exemplo, com as aplicações em renda fixa, que costumam render menos e perder valor ao longo do tempo.

Nesses casos, o rendimento é pequeno em relação ao IPCA, índice que mede a inflação brasileira. Vamos supor que um produto renda 8% e que a inflação esteja em 6%, isso significa que o ganho real foi de apenas 2%, em relação ao valor investido.

Futuro do Bitcoin

Muitos acreditam que a revolução que as criptomoedas, como o Bitcoin, estão fazendo vai contribuindo com o fim da moeda fiat, ou seja, a emitida por um governo. Por ser instável e sujeito à inflação, o dinheiro como se conhece atualmente tem chances de ser trocado por um sistema monetário alternativo.

Aos poucos, o comércio começa a aceitar o BTC. A previsão é que nos próximos anos ele seja uma das principais formas de pagamento, assim como o cartão de crédito.

Portanto, o Bitcoin vai acabar? Claro que não — e ainda tem um surpreendente caminho pela frente. O Quantum é uma plataforma de investimentos automatizados ideal para os seus objetivos. Aproveite para comprar Bitcoin e invista já!

Gostou desse post? Siga nossas redes sociais:
Conheça o Quantum!

Busca

Gostou? Segue aí!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Follow by Email
Google+
https://atlasproj.com/blog/bitcoin-vai-acabar-entenda-o-limite-de-bitcoins/">
logo_rodape

ENTRE EM CONTATO

Copyright 2017 Atlas Project. All rights reserved.