Moeda Digital

Governo da Palestina planeja lançar a sua própria moeda digital

17 de maio de 2017 Escrito por Altcoins, Notícias 0 comentarios em “Governo da Palestina planeja lançar a sua própria moeda digital”

O governo palestino está planejando que o seu território tenha a sua própria moeda digital dentro de cinco anos. Atualmente a população não dispõe de nenhuma moeda nacional própria, e é forçada a depender do uso de moedas externas como o Shekel Israelense, o Dólar Americano, o Dinar Jordaniano e o Euro.

O uso de moedas estrangeiras traz diversas desvantagens, como o controle limitado do povo palestino sobre a oferta e a inflação dessas moedas. Por outro lado, o país não dispõe de nenhuma planta industrial capaz de imprimir dinheiro físico, necessitando “importar” o dinheiro de outros locais e depender de governos externos.

De acordo com Azzam Shawwa, chefe da Autoridade Monetária Palestina (PMA),

“Se nós imprimíssemos uma moeda própria, para trazê-la para dentro do país seria necessária a autorização dos israelenses. E isso certamente seria um grande obstáculo”.

A solução encontrada pela PMA é a criação de uma criptomoeda nacional.

“Isso é algo que gostaríamos de ver (…) se a Palestina tiver sua própria moeda digital, isso libertaria a população local da interferência de Israel”, disse Shawwa, “Será chamado de Libra palestina.”

A moeda será inspirada no sistema Bitcoin, que atualmente funciona como uma moeda e também como um sistema global de pagamentos.

A PMA diz em seu site que pretende tornar-se um “banco central pleno e moderno” para uma Palestina independente. Porém, não está claro como a libra eletrônica planejada contornaria o acordo do Protocolo de Paris de 1994. Ele garante à PMA as funções equivalentes a de um banco central, porém sem a capacidade de emitir uma moeda. O protocolo também recomendou o uso do Shekel e deu a Israel um veto efetivo sobre uma moeda palestina.

Os palestinos não são os únicos a considerar uma moeda digital. Os governos da Suécia, Singapura, China, Japão, Equador e outros países já testam ou cogitam a implantação de uma moeda digitais nacional. Todavia, a libra palestina ainda está particularmente longe de se concretizar. A autoridade trabalha há mais de uma década para ter um banco central reconhecido, e os recursos necessários para o desenvolvimento do software de uma criptomoeda são escassos.

Os planos da independência financeira fazem parte de uma estratégia mais ampla de cinco anos. Ela será publicada antes do final do ano, disse Shawwa. Outras opções, como manter o status quo de usar quatro moedas, ou adotar formalmente uma delas também estão sob consideração, mas a opção digital é a preferida pela PMA.

“Não se trata apenas da moeda em si, também é necessário analisar a economia. Emitir uma moeda é uma coisa, mas você também precisa da espinha dorsal da moeda, sejam reservas internacionais, ouro, petróleo ou outras commodities. Isso faz parte do plano de negócios”.

Os primeiros passos rumo a esses objetivos já foram dados. Shawwa disse que a PMA estava em processo de mudança para um novo prédio construído em Ramallah. O edifício “é projetado e construído para ser um banco central”, disse Shawwa, acrescentando que o local tem um caixa-forte. Se os planos palestinos derem certo, em alguns anos a população do país finalmente conseguirá a sua almejada independência financeira.

Para mais notícias sobre moedas digitais, clique aqui.

Texto traduzido e adaptado de Investing.com

Gostou desse post? Siga nossas redes sociais:

Busca

Gostou? Segue aí!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Follow by Email
Google+
https://atlasproj.com/blog/governo-da-palestina-planeja-lancar-sua-propria-moeda-digital/">

Solicite contato de um assessor

logo_rodape

ENTRE EM CONTATO

Copyright 2017 Atlas Project. All rights reserved.