Litecoin, LTC, altcoin, bitcoin,btc, criptocurrency

Litecoin: Saiba o que é e como funciona!

11 de janeiro de 2018 Escrito por Altcoins, Bitcoin, Blockchain, Mineração, Reportagens, Tecnologia 0 comentarios em “Litecoin: Saiba o que é e como funciona!”
Conheça o Quantum!

O Litecoin (LTC) é uma criptomoeda descentralizada peer-to-peer (isso é sem intermediários) lançada em outubro de 2011.

A medalha de prata enquanto o Bitcoin é a medalha de ouro.”

O irmão mais novo e menos popular do Bitcoin.

Essas são algumas das frases mais comuns quando ouvimos falar sobre o Litecoin. À primeira vista, o Litecoin não parece ser muito respeitado como as outras moedas que fazem parte do top 10 capitalizações de mercado.

Porém, assim que você começa a entender mais sobre a moeda, o Litecoin apresenta uma aplicação extremamente útil e interessante da blockchain original do Bitcoin.

Por causa de todos os comentários negativos, é fácil acabar ignorando o que o Litecoin realmente é, e quais as suas funções.

As principais informações sobre o Litecoin

Fundado por Charlie Lee, um antigo funcionário do Google. Ele foi uma das primeiras forks do Bitcoin. O seu proposito inicial era solucionar os problemas com gargalo e falta de escalabilidade do Bitcoin, principalmente em relação ao número de transações que podem ser realizadas em um determinado tempo.

A grande vantagem do Litecoin em cima do Bitcoin é que o custo das transações são extremante mais baixas. Ele também é capaz de processar transações até 4x mais rápido do que o Bitcoin.

O Litecoin começou a ganhar atenção durante o seu crescimento explosivo em novembro de 2013, quando o seu preço subiu quase 15x. Esta alta durou pouco tempo e após isso ele flutuou por volta de 4 dólares por cada moeda durante dois anos. Foi apenas em maio de 2017 que ele voltou a ganhar força, durante um período em que virtualmente todas as criptomoedas ganharam força.

O Litecoin também foi relativamente inovador, adotando novas tecnologias como a Segregated Witness (SegWit). Ele também realizou a primeira transação pela Lightning Network, enviando 0.00000001 LTC de Zurich para São Francisco em menos de um segundo.

O irmão mais novo do Bitcoin

Há um motivo para o Litecoin ser tão comparado com o Bitcoin. Tirando algumas pequenas diferenças, o Litecoin tem exatamente o mesmo proposito do Bitcoin. Afinal de contas, ele foi uma das primeiras forks do BTC.

Comparar os dois não apenas faz sentido pela conveniência, mas também ajuda a entender quais são as suas principais diferenças em um nível tecnológico. O Litecoin foi criado para ser usado como uma criptomoeda peer-to-peer e é capaz de fazer o mesmo trabalho que o Bitcoin, porém de forma mais rápida e barata.

Velocidade

O tempo de confirmação de transação é um dos fatores mais importantes para determinar o quão rápido uma moeda eletrônica é adotada. As confirmações do Bitcoin levam cerca de 10 minutos e as vezes podem chegar em altas de 2.500 minutos. Já a rede do Litecoin é capaz de confirmar transações em até 4x menos tempo.

O período de verificação do Litecoin está fixado em 2.5 minutos. Para cada bloco individual confirmado na blockchain do Bitcoin, 4 blocos de mesmo tamanho são confirmados na blockchain do Litecoin.

Custo

O custo de enviar qualquer quantidade de Litecoin é cerca de 0.09 centavos de dólar. Já no Bitcoin, esta taxa fica por volta dos 5 dólares. Esta é uma das grandes vantagens da criptomoeda em relação ao Bitcoin quando o assunto são pequenas transações.

Mineração

Outro objetivo é distribuir poder de hash de forma mais justa do que a rede do Bitcoin. O problema que a altcoin queria corrigir era justamente como o poder de hash do Bitcoin era amplamente distribuído para as mineradoras, grupos de mineradores e empresas especializadas (um grupo muito pequeno e quase que centralizado). O Litecoin tem como objetivo manter a sua descentralização.

A mineração do Litecoin também serve para manter as taxas de transações relativamente baixas por causa do alto número de moedas que podem existir na rede. Enquanto o Bitcoin possui um limite máximo de 21 milhões de moedas, o Litecoin pode chegar a 84 milhões. Isso é importante porque faz com que a mineração seja menos competitiva e quanto mais competitivo a mineração é, mais alta são as taxas de transação.

Enquanto o Bitcoin está quase atingindo um grave estado de escalabilidade por causa das altas taxas de transação, o Litecoin é capaz de processar bloco após bloco sem deixar de ter taxas baixas. Sim, tem mais pessoas usando o Bitcoin do que o Litecoin e a moeda pode, teoricamente, ter problemas com a escabilidade quando ela passar a ser mais popular e apresentar crescimento exponencial, porém, este não é o caso nos dias de hoje.

Ele também usa o hashing Scrypt, um algoritmo que utiliza muito menos poder de processamento do que o SHA256 do Bitcoin. Colocando mais ênfase no uso da RAM, o Litecoin dificulta que apenas uma empresa (ou pequeno grupo de empresas) domine a mineração da moeda.

Outras diferenças fundamentais e não técnicas

Também é importante olhar algumas diferenças na história da origem de cada uma das moedas.

A origem do Bitcoin é relativamente misteriosa. Satoshi Nakamoto, o pseudônimo do criador do Bitcoin, é essencialmente uma lenda e um mito.

Por outro lado, o fundador do Litecoin sempre esteve ao alcance do público e é bem ativo na comunidade. É possível encontrar o Charlie Lee em qualquer rede social, como o Linkedin ou Twitter (@SatoshiLite). Depois de ter saído do Google e ter fundado a criptomoeda, Charlie ainda trabalhou na criação do Coinbase, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo.

Muitos observadores preferem a acessibilidade de Lee e a sua natureza mais aberta ao invés de todo o mistério que envolve Satoshi Nakamoto.

Além disso, é difícil encontrar sinais de complexo de grandiosidade dentro da equipe do Litecoin. A moeda quer apenas tornar as criptomoedas acessíveis e utilizáveis por todo mundo, mesmo que isso queira dizer que ela sempre vai ficar na sombra do Bitcoin.

Então o Litecoin é melhor?

Bom, o fato de que o Litecoin é capaz de garantir a sua legitimidade e usabilidade já é algo a ser valorizado, especialmente em um mundo onde existem mais de 700 altcoins com propósitos dúbios.

O Litecoin também tem uma capitalização de mercado de 3 bilhões de dólares. Essa não é uma marca que é alcançada apenas por pura sorte.

Quando comparado ao Bitcoin (que possui uma capitalização de mercado 33x maior), o Litecoin realmente apresenta vantagens. Como listamos acima, a moeda dá aos seus usuários a possibilidade de transações mais rápidas e mais baratas, além de uma mineração menos centralizada.

Estas vantagens fazem o Litecoin ser uma moeda mais interessante para a maioria das pequenas transações.

Porém, para ser honesto, o Litecoin ainda não alcançou os seus limites por não haver pessoas o suficiente usando ele. Por enquanto, a moeda faz exatamente o que ela foi criada para fazer: Oferecer transações de alta velocidade e a baixo custo de uma maneira que o Bitcoin não pode fazer.

Considerações finais

Atualmente, o Litecoin é simplesmente uma altcoin que conseguiu provar o seu uso e legitimidade como um método de pagamento peer-to-peer descentralizado.

A moeda nunca foi feita para encarar o Bitcoin de frente, mas as suas vantagens tecnológicas apresentam uma certa ameaça. Enquanto ele pode ser teoricamente “melhor” que o Bitcoin, a moeda maior tem a vantagem de ter uma rede muito mais ativa e uma comunidade de usuários muito maior.

O Bitcoin também tem o benefício de ser o nome mais forte no mercado de criptomoeda, enquanto o Litecoin é relativamente obscuro. A maioria das pessoas que entra no mercado das moedas virtuais vão primeiro comprar o Bitcoin e apenas depois eles investem em outras altcoins.

Enquanto a criptomoeda está cumprindo a sua função como deveria, é importante tentar pensar em um futuro onde ele pode ter um aumento de usuários. Por enquanto, não existe muito no que “se segurar” no Litecoin, mas é importante lembrar que pode ser apenas questão de tempo para que a moeda comece a crescer.

Se, e este é um grande SE, o Bitcoin não for capaz de resolver os seus problemas com escalabilidade, o Litecoin vai estar lá para oferecer a mesma utilidade sem precisar pagar taxas muito altas.

Gostou desse post? Siga nossas redes sociais:
Ebook para iniciantes em Bitcoin
Tags: , ,

Busca

Gostou? Segue aí!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Follow by Email
Google+
https://atlasproj.com/blog/litecoin-saiba-o-que-e-e-como-funciona/">
logo_rodape

ENTRE EM CONTATO

Copyright 2017 Atlas Project. All rights reserved.