168491-planejamento-financeiro-x-dicas-para-organizar-suas-financas

Planejamento financeiro: 6 dicas para organizar suas finanças!

9 de fevereiro de 2018 Escrito por Dicas, Investimentos 0 comentarios em “Planejamento financeiro: 6 dicas para organizar suas finanças!”
Conheça o Quantum!

Ampliar o patrimônio adquirindo imóveis, automóveis e deter investimentos é um desejo de qualquer cidadão, porém são poucos os que conseguem essa proeza. Isso porque a grande maioria das pessoas não estrutura um planejamento financeiro.

Mesmo aqueles que possuem uma farta renda mensal não conseguem manter uma qualidade de vida estável ou aumentá-la, pois descontrolam suas finanças e acabam gastando mais do que deveriam ou guardando menos do que esperavam.

Entretanto, utilizando de estratégias inteligentes, é plenamente possível incrementar seus rendimentos sem comprometer a sua qualidade de vida. Com o intuito de auxiliar nossos leitores a alcançar seus objetivos, conquistar a liberdade financeira e realizar seus sonhos, trazemos 6 dicas primordiais de como organizar suas finanças por meio de um planejamento financeiro! Acompanhe!

1. Faça um acompanhamento mensal das receitas e despesas

Essa primeira dica é essencial, pois serve de base para as demais e para realizar qualquer planejamento. Para começar, você precisa entender o conceito correto desses termos.

Receitas

As receitas consistem em todos os valores que você arrecada, seja pelo seu trabalho, recebimentos de aluguéis e ganhos esporádicos, como prestação de serviços eventuais.

Despesas

As despesas são todos os seus dispêndios, sejam fixos, como as contas de água, luz, internet, telefonia, ou extraordinários, como viagens, gastos com lazer entre outros.

É necessário que você acompanhe essas contas de forma precisa, porém o controle pode se tornar complicado quando se trata dos ganhos e gastos ocasionais. Para solucionar o problema, você pode elaborar uma planilha com todas as entradas e saídas mínimas das contas fixas, e outro controle estipulando os valores mínimos das contas imprevisíveis.

Dessa forma, suas finanças não estarão à mercê da sorte e você será capaz de arquitetar seu planejamento financeiro.

2. Nunca gaste mais do que ganha

Para muitos indivíduos, é comum gastar mais do que se ganha e acabar endividado, isso ocorre principalmente com compras ao crédito ou parceladas. No final do mês, a pessoa não terá o capital necessário para pagar suas contas e acaba utilizando crédito rotativo ou pedindo dinheiro emprestado.

Essa é uma situação que você deve evitar a qualquer custo. Gastar mais do que você ganha causa prejuízos além do que você imagina, pois nunca terá dinheiro guardado para situações de necessidade ou crise financeira, como também não terá quantias reservadas para investir ou aumentar seu patrimônio.

Há duas formas de evitar esse problema:

Opte por compras à vista

Além de evitar transtornos e dores de cabeça, você também economizará mais, já que normalmente os pagamentos à vista vêm acompanhados de descontos.

Aposte no esquema 50-15-35

Esses números são percentuais que devem ser aplicados sobre sua renda. Os primeiros 50% são destinados aos gastos necessários, como moradia, transporte, saúde, educação entre outros.

Quanto aos 15%, são a parcela de sua renda que deve ser reservada às finanças pessoais, como quitação de dívidas ou investimentos. Por fim, os 35% restantes são os gastos relacionados aos hobbies e lazer, como viagens, baladas, esportes, academia etc.

3. Realize uma previsão das despesas anuais

Ao planejar suas despesas e receitas, fique atento também às despesas anuais, como tributos que incidem anualmente – Imposto de Renda, IPTU, IPVA etc. É muito comum esquecer a existência desses gastos, pois eles aparecem somente uma vez por ano.

Para evitar que eles atrapalhem seus investimentos, não esqueça de incluí-los na sua planilha de gastos.

4. Estabeleça metas crescentes e realistas

Você estruturará o planejamento buscando realizar seus sonhos, porém, esses também devem ser planejados com cuidado, caso contrário você pode acabar não os realizando.

Isso porque algumas metas só podem ser cumpridas a longo prazo, enquanto outras podem ser facilmente realizadas a curto prazo. Por essa razão, é recomendável que elas sejam realistas e estruturadas de forma crescente.

Por exemplo, se sua meta é adquirir um imóvel, um automóvel, aposentar com rendimentos iguais ou superiores à sua renda e realizar uma determinada viagem, recomenda-se que você comece almejando as menos custosas, para depois buscar aquelas mais onerosas. Você também deve dar preferência para as mais essenciais, como adquirir o imóvel e uma aposentadoria com estabilidade.

Algumas metas são lentas e requerem um dispêndio financeiro contínuo, como a aquisição de casa própria. É plenamente viável pagá-la aos poucos por meio de um financiamento ou consórcio e, simultaneamente, poupar capital para realizar uma viagem, por exemplo.

Um elemento altamente importante é não estabelecer metas irreais de início, como se tornar uma das pessoas mais ricas ou comprar um bem excepcionalmente custoso, como um jato particular. Por se tratarem de projetos distantes, você desanimará facilmente ao ver que não as alcançará em curto prazo.

5. Não gaste com bens supérfluos

Essa dica permite que você seja capaz de poupar mais dinheiro. Basicamente, consiste no corte de compras essencialmente supérfluas, por exemplo, comprar alimentos que não serão ingeridos. Se você for ao supermercado, elabore uma lista das coisas necessárias para sua casa e se atenha a ela, não inclua outros produtos como bolos, doces e refrigerantes que não são essenciais ao consumo.

Outro exemplo é a substituição de bens em sua residência, como trocar de televisão constantemente. É de conhecimento comum que fazê-lo não é necessário, porém muitos o fazem por simplesmente encontrá-las em uma boa promoção ou ver que possui dinheiro “sobrando” em sua conta do banco.

Extinguir ou diminuir os gastos pouco úteis é um ato que o fará economizar mais do que imagina, você rapidamente acumulará o suficiente para adquirir o bem que sempre desejou, ou finalmente realizar um investimento.

6. Aprenda a poupar e investir

Poupar e investir é essencial para alcançar seus objetivos. Com essas ações você poderá incrementar sua renda e seu planejamento não estará preso ao rendimento mensal que recebe no momento.

Se seguir as dicas anteriores, poupar dinheiro se tornará uma tarefa fácil: você não gastará mais do que ganha mensalmente e reservará 15% – conforme a regra 50-15-35 explicada anteriormente – para esse feito. No início poderá ser difícil se segurar para não gastar o valor poupado, porém, lembre-se que ele será usado para investir e ampliar seus ganhos.

Há dezenas de modalidades diferentes de investimentos, cada uma delas com seus rendimentos, riscos entre outras características próprias. Por isso, antes de investir, é necessário entender qual é seu perfil de investidor:

  • conservador: prioriza a segurança e ganhos previsíveis, por essa razão ele busca investimentos de renda fixa, às vezes sua carteira possui uma pequena parcela de renda variável;
  • moderadogosta de segurança, porém também assume alguns riscos com rendas variáveis, pode realizar aplicações financeiras tanto nos investimentos de renda fixa quanto nos arriscados, como ações;
  • agressivo: assume riscos e buscam retornos altíssimos, sua carteira é composta majoritariamente por ações e outros investimentos que podem fazê-lo enriquecer rapidamente, como também não trazer nenhum retorno vantajoso.

Após entender seu perfil, recomenda-se que você busque profissionais para auxiliá-lo na decisão dos investimentos, pois essa área é essencialmente ampla e é inviável que você interrompa seu trabalho e dedique centenas de horas destinadas exclusivamente ao estudo do tema.

O planejamento financeiro não é um ato excepcionalmente difícil de ser executado, as dificuldades se encontram no controle pessoal, visto que é necessário mudar hábitos, cortando gastos desnecessários, organizando suas receitas e despesas entre outros atos. Entretanto, você será plenamente capaz atingir suas metas e realizar seus sonhos após a leitura deste artigo!

Se você gostou do nosso conteúdo, siga-nos nas redes sociais e fique de olho nas próximas publicações! Estamos no FacebookLinkedInTwitter e no Youtube!

Gostou desse post? Siga nossas redes sociais:
Ebook para iniciantes em Bitcoin

Busca

Gostou? Segue aí!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Follow by Email
Google+
https://atlasproj.com/blog/planejamento-financeiro-6-dicas/">
logo_rodape

ENTRE EM CONTATO

Copyright 2017 Atlas Project. All rights reserved.